Operação Sertões: Ministério Público e SSP deflagram ação contra policiais militares em Euclides da Cunha

Na manhã desta quinta-feira, dia 1º de fevereiro, o Ministério Público estadual, através dos Grupos de Atuação Especial Operacional de Segurança Pública (Geosp) e de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), lançou a ‘Operação Sertões’. A ação teve como alvo a prisão de dois policiais militares sob investigação por envolvimento em homicídios na região de Euclides da Cunha.

A operação, que contou com o apoio da Força Correcional Especial Integrada (Force) e da Corregedoria-Geral da Polícia Militar, resultou na execução de seis mandados de busca e apreensão. As buscas foram realizadas nos municípios de Euclides da Cunha e Ribeira do Pombal, abrangendo locais como a sede do 5º Batalhão da Polícia Militar de Euclides da Cunha e a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe Nordeste) de Ribeira do Pombal. Além dos policiais, um civil também foi alvo da operação.

Durante as diligências, foram confiscados estojos e armas de fogo, armas brancas, documentos e celulares. Os policiais em questão são suspeitos de envolvimento em cinco homicídios, datados dos dias 22 de junho de 2019, 30 de dezembro de 2021 e 27 de julho de 2023, além de duas mortes com características de execuções sumárias ocorridas em 21 de junho de 2019. Os mandados foram expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Euclides da Cunha.

Todo o material apreendido será submetido à minuciosa análise pelos promotores de Justiça, seguindo para os órgãos competentes visando a adoção das medidas legais cabíveis. A ‘Operação Sertões’ representa um esforço conjunto das autoridades para combater a violência e garantir a integridade e segurança da população na região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative o bloqueador de anúncios por favor