Notícias

Fotos dos incêndios no Pantanal revelam animais mortos e devastação; veja

O cheiro de queimado e o brilho das chamas dominam a paisagem noturna no último trecho da rodovia Transpantaneira, na região norte do Pantanal (Mato Grosso), um paraíso de biodiversidade parcialmente reduzido a cinzas. 

Felipe Maia, funcionário de um hotel do que até agora era uma próspera área de ecoturismo, tenta com uma grossa mangueira conter o avanço do fogo sobre uma das inúmeras pontes de madeira que permitem a travessia dos rios desta estrada de terra firme de 150 km, que vai de Poconé a Porto Jofre. 

No entanto, com a seca mais severa em 47 anos, os córregos estão secos e as queimadas – comuns nesta época do ano – fora de controle.

Leia mais: Incêndios no Pantanal levam Mato Grosso do Sul a decretar situação de emergência

Cerca de 23.500 km2, quase 12% dessa planície aluvial – cuja maior parte se encontra no Mato Grosso do Sul -, foram consumidos pelo fogo desde o início do ano.

“Todos os dias passamos pela estrada e observamos qual o mais próximo para pegar fogo e jogamos água” na ponte para evitar que se incendeie com as faíscas, conta Maia à AFP depois de encharcar um desses trajetos, a poucos metros de uma área com vários montes em chamas. 

Além dos bombeiros, várias equipes de vizinhos, funcionários, proprietários de fazendas-pousada e guias turísticos “vigiam” as pontes dia e noite.

“É triste. Estamos passando por um grande problema da pandemia [de coronavírus], que no Brasil durou mais que o esperado, e esperávamos que esse ano pudéssemos trabalhar com turismo, mas chegaram os incêndios”, lamenta Roberto Carvalho Macedo, guia da região que participa do monitoramento. 

Os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) detectaram entre janeiro e 13 de setembro 14.764 focos de incêndio no lado brasileiro deste bioma, um aumento de 214% em relação ao mesmo período de 2019 e um número que já superou o de todo 2005, que era até agora um ano recorde.

Animais em “estado crítico”
Macedo pilotou a lancha na qual uma equipe da AFP percorreu parte do Parque Estadual Encontro das Águas, uma grande área inundada localizada no final da Transpantaneira. 

Rodeada por vários rios, concentra uma grande variedade de animais: aves, jacarés, capivaras, tamanduás e o maior felino das Américas, a onça-pintada. 

Uma equipe de veterinários, biólogos e a jovem guia local Eduarda Fernandes Amaral passaram o domingo em busca de uma espécime ferida pelo fogo. A onça, no entanto, não foi vista. 

“Todos os animais que resgatamos até agora estão em estado muito crítico, alguns com exposição de falanges”, explica Amaral, que instala bebedouros e cestas com frutas para os animais que conseguiram sobreviver ao fogo e correm risco de morrer de fome ou desidratados.

Em vários trechos, a escuridão das árvores e arbustos carbonizados contrasta com a vegetação verde das margens do rio.

Amaral afirma que ainda não é possível saber quantos animais morreram, mas estima que serão perdas enormes. 

“Espero que isto que está acontecendo abra os olhos das pessoas e entendam que a biodiversidade do Pantanal é única. Precisamos conservar isso, é muito precioso”, pede.

Causas e efeitos
O desastre do Pantanal se deve, em primeiro lugar, a uma seca excepcional. Entre janeiro e maio, a temporada úmida, caiu apenas metade da chuva esperada e muitas áreas não chegaram a ser inundadas, como ocorre nessa época do ano.

Mas apenas a seca não explica tudo.

Segundo o engenheiro florestal Vinícius Silgueiro, do Instituto Centro de Vida (ICV), “a substituição de plantas nativas por pastagens exóticas” fragilizou a resistência da vegetação.

As responsabilidades também apontam para o enfraquecimento de órgãos de controle ambiental desde a chegada do presidente Jair Bolsonaro ao poder.

Segundo Silgueiro, a prática das queimadas para limpar o terreno se mantém devido à “sensação de impunidade” que prevalece, por conta da “falta de recursos dos órgãos públicos de proteção ambiental”.

Na Amazônia brasileira, onde os incêndios ocorrem em sua grande maioria devido a atividades ilegais, foram detectados neste ano 62.627 focos, 10% a mais do que no mesmo período do ano passado e um recorde desde 2010.

 

Fonte: O Tempo

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

You may also like

Leia MAis

Lilly ford escort Romantix los angeles, ca Oriental spa grand forks nd Backpage georgetown tx
Altoona pa hookers Greenville sc headhunters Local escort girls
Blackpages dallas Escort krypton
Mishawaka escorts Backpage miami male escorts Stage dolls new jersey
Bottoms up gentlemens club Putas en long island ny
Stateline arcade el paso 3109181090 Toronto erotic review
6125169009 Sex clubs in michigan Adult entertainment fort myers
Asian massage spa, fort lauderdale florida Arlington backpage tx
Call girls glen allen Massage happy ending in san jose
Couples adult novelties leominster, ma Eros minn Newtime massage Chico personals
Hilton new brunswick canada Rubmaps encino Seattle escort backpage
Www.pornhub.com mobile Phoenix incall massage Shemales in grand rapids
7 479 995 308 Gentlemen clubs in tampa
Find someone to fuck near me 3106929165 Black transexual pictures Swingers clubs in texas
Winston salem milf Richardson massage
Back page billings mt Saginaw michigan backpage Massage 49
Oklahoma city rub Salem,oregon backpage 7028450878
Topless cabaret Escorts in jacksonville, fl
Long island ny escort Club xtra ft.lauderdale
Tex mex gentlemens club 3102923793
Trany dating Sex massage xuhui 2019 Mexico scorts
Escort praxilla out of the shrine Paradise fountain syracuse ny Dominatrix girlfriend
Massage parlor in atlanta Best sexy ass
Gfe escort nnj Ford escort mark 2 Massage green utica
Escort at singapore price Seattle escort sites Live escorts tampa
Sexi tijuana com Chattanooga independent escort Backpage floresville tx
Bath house fort lauderdale fl Sex shop u street washington dc Swingers clubs reno nv Ebony tranny list
Club dallas bath house Strip clubs in hammond la
Greenville ms classifieds Brownsville texas escorts Asian massage green bay Backpage central
Ithaca backpages Asian massage springfield va Sex massage room
Prostate milking san diego Black page oc Dinah mite Backpage com south bend
Massage in brainerd mn 12" in asian pussy
Backpage fort lauderdale com Trannys in houston Craiglist clovis nm Gilroy massage
Canton backpage massage Adult search new orleans Lingerie concord Chicago exclusive escorts
Naughty asian massage Blonde bbw
Listcrawler myrtle beach Sensual massage wisconsin Escorts in waco tx
Mcdonalds keeaumoku Speacia Macau escort
Adult stores with glory holes Carmen ts Backpage freehold
Alligator alley 247 Sakura massage san diego Atlanta escort female
Pussy for girls Gay bath san antonio Seattle gay escort Malibu san antonio tx
Pocatello escorts New delhi strip club
Hilton san marcos tx Escorts in st pete fl 7796012298 Massage tri cities tn
Cityxguuide Barrie personals
Williamsburg va escorts 3007 s dairy ashford houston tx Wet n wild specials Nyc backpage massage
Escort dating services Cherry girl escorts Vanitymariexo Mnl courtesans
Escort reviews san jose Onebackpage
Renton wa escorts Craiglist bellingham Sex massage india 2019
Call girls wichita ks Juneau empire classified ads Chubby aunt sex massage
Fbsm houston Uu massage White pages denver metro
Gastonia classifieds Onlyfans ts
Sexy older japanese women Gay massage south florida
Tantra massage new york Backpage ts denver
Hot black escort northern Stateline showgirls post falls id
Hicksville massage Masajes san diego california
Big girls little pussy Women getting erotic massage
Llebar Idaho escort Www.columbusbackpage.com