Yasmin Brunet perde R$ 7,9 mil em golpe após pedir comida em app

A modelo Yasmin Brunet contou nas redes sociais que foi vítima de um golpe ao pedir comida por um app de entrega no Rio de Janeiro. Ela teve um prejuízo de R$ 7,9 mil.

Ela diz que ligou para o restaurante em que fez o pedido depois que o motoboy afirmou que tinha um problema e não conseguiria fazer a entrega. Lá, uma pessoa que se dizia funcionária afirmou que o motoboy poderia fazer uma nova entrega de uma “cortesia”. Mas, depois, ela perguntou se o pagamento seria crédito ou débito. Yasmin achou que era para o valor do aplicativo.

Dez minutos depois, o entregador chegou, não se identificou e também não tirou o capacete. A modelo diz que sentiu algo errado. “Ele chegou e começou a se explicar. Achei estranho. Ele ainda me perguntou o valor”, contou ela. Ela diz que ele estava nervoso e se explicando demais.

Ela contou que na hora de pagar o motoboy passou R$ 7,9 mil no cartão na máquina, depois de mostrar o valor total correto para ela no telefone.

“Ele me mostrou R$ 77 na tela do telefone dele, como se estivesse conectado na maquininha. Só que na tela da maquininha não aparecia nada, nenhum número. Eu senti que estava estranho, mas achei que estava noiada, porque isso nunca tinha acontecido comigo”, explicou. “Eu passei, coloquei a minha senha. Nunca, em hipótese alguma, coloquem seu cartão em uma máquina que não parece o valor”, acrescentou.

Ela contou que o motoboy então afirmou que o cartão não tinha autorizado e que ela teria que passar de novo, o que ela estranhou porque diz que ouviu o barulho da autorização. “Eu falei: ‘Me mostra que deu não autorizado? Eu sei que passou, preciso que você me mostre’. Ele disse que eu tinha que pagar o valor da comida, que R$ 77 era o valor da taxa de entrega. Ele começou a enrolar, começou a tremer”, contou. Nervoso, ele disse que ia embora. 

Depois que ele saiu, Yasmin diz que ligou na operadora do cartão para verificar o que tinha acontecido. “Você acredita que o cara me roubou R$ 7,9 mil? Eu fiquei em choque quando a mulher falou que tinha passado R$ 7,9 mil”, afirmou. “O golpe é meio que sempre igual, então prestem atenção se isso acontecer com vocês”.

Fonte: Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo