Chilena do tae kwon do testa positivo para covid-19 e está fora da Olimpíada

A chilena Fernanda Aguirre, atleta de tae kwon do na categoria 57 quilos, testou positivo para covid-19, nesta terça-feira, em sua chegada a Tóquio. Segundo o Comitê Olímpico do Chile, ela está assintomática, mas foi colocada em quarentena por pelo menos 10 dias, sem sequer ir à Vila Olímpica. Com isto, ela está fora dos Jogos Olímpicos porque suas lutas seriam no domingo.

Fernanda fez treino de ambientação no Usbequistão e apresentou resultado negativo para o novo coronavírus antes do embarcar para Tóquio. Mas na chegada à capital japonesa foi flagrada no teste de antígeno e no PCR. O técnico José Zapata, que viajou com ela, testou negativo, mas também foi colocado em isolamento por prevenção.

Outros casos recentemente relatados espalhados pelo Japão incluem empreiteiros dos Jogos e um voluntário, cujos identidades não foram reveladas.

Os últimos casos entre atletas foram de uma ginasta americana e um jogador de vôlei de praia checo, adicionados nesta terça-feira à contagem oficial de pessoas credenciadas para as Olimpíada, que tiveram resultado positivo para covid-19 este mês.

Os testes positivos para a ginasta dos Estados Unidos, Kara Eaker, e o membro da equipe checa, Ondrej Perušic, foram anunciados na última segunda-feira. Eaker estava em um campo de treinamento na prefeitura de Chiba e Perušic ficou na Vila Olímpica na Baía de Tóquio.

Ambos entraram em quarentena por 14 dias, segundo os organizadores. Esse período inclui todos os três jogos agendados para Perušic com o parceiro David Schweiner.

Fonte: Esportes R7

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo