Butantan entrega mais 1 milhão de doses ao Ministério da Saúde

Mais um milhão de doses da CoronaVac são entregues ao Ministério da Saúde
Divulgação Governo de São Paulo

O Instituto Butantan entrega, na manhã desta segunda-feira (19), mais 1 milhão de doses da CoronaVac ao Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. O vice governador Rodrigo Garcia, que acompanhou as entregas, disse que, com a remessa, são 56.149 milhões entregues à pasta.

“O grande desafio é entrega do que falta 44 milhões até 30 de agosto, antecipando a entrega da compra feita pelo PNI. O Butantan tem trabalhado todos os dias e aos finais de semana para fazer a produção da CoronaVac e o mais rapidamente fazer a entrega ao Minsitério da Saúde”, afirmou Rodrigo Garcia.

Em relação a uma eventual 3ª dose da CoronaVac, o governo afirmou que há estudos sobre possibilidades de ter uma dose de reforço do imunizante. Isso porque, segundo o governo paulista, será necessária uma campanha anual de vacinação contra o coronavírus. “Estamos preocupados em garantir a 1ª e a 2ª dose a todos os brasileiros, completando assim o ciclo vacinal”, afirmou Garcia.

O secretário estadual de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou que a campanha vacinal contra o coronavírus terá início no dia 17 de janeiro do ano que vem. “Queremos expandir essa fase não apenas para São Paulo, mas para todo o país. Como a formulação da vacina permite a incorporação de novas cepas é capaz que tenhamos dentro de uma próxima vacinas, dois ou três tipos diferentes de vírus, dando uma proteção constante para a nossa população”, afirmou.

As novas entregas, iniciadas na quarta-feira (14), são referentes à produção de um novo lote de 10 milhões de doses processadas a partir dos 6 mil litros de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) recebidos no dia 26 de junho. Na quarta-feira, o instituto liberou 800 mil doses. Na quinta (15), foram 200 mil e na sexta-feira (16), mais 1 milhão. 

A matéria-prima recebida no dia 26 foi envasada na fábrica do Butantan, na zona oeste da cidade de São Paulo, e passou por etapas como embalagem, rotulagem e controle de qualidade das doses.

As vacinas entregues hoje fazem parte do segundo contrato firmado com o Ministério da Saúde, de 54 milhões de vacinas. O primeiro, de 46 milhões, foi concluído em 12 de maio. A previsão do Butantan é completar, até o fim de agosto, 100 milhões de vacinas disponibilizadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI), antecipando em 30 dias o prazo contratual.

Na madrugada do dia 13, o instituto recebeu carga recorde de 12 mil litros de matéria-prima para produzir e entregar outras 20 milhões de doses. Uma nova remessa de IFA, com mais 12 mil litros, deve chegar até o final deste mês.

Fonte: Saúde R7

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo