Brasil recebe 1 milhão de doses Coronavac e anuncia 6,2 mi da Pfizer para semana

O Ministério da Saúde recebe, nesta segunda-feira (19), mais 1 milhão de doses do imunizante Coronavac, produzido no país pelo Butantan. O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, também anunciou a chegada de 6,2 milhões de doses da Pfizer nesta semana, em postagem em uma rede social.

Na semana passada, o país recebeu 8,4 milhões de doses entre quarta e sexta-feira. de diferentes imunizantes. Eles ainda não foram distribuídos aos Estados.

Coronavac
O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, acompanhou, na manhã desta segunda-feira (19), a entrega de 1 milhão de doses da vacina Coronavac ao Programa Nacional de Imunizações. Normalmente, o governador João Doria participa do ato, mas ele foi diagnosticado pela segunda vez com Covid e está em isolamento. 

“O Butantan tem trabalhado todos os dias e aos finais de semana para fazer a produção da vacina, e o mais rápido possível fazer entrega ao Ministério da Saúde”, disse Garcia em nota divulgada à imprensa. 

O Butantan retomou entregas ao Ministério da Sáude na última quarta-feira (14), quando liberou 800 mil doses. Na quinta (15), 200 mil outras vacinas foram entregues, e na sexta-feira (16), mais 1 milhão. Ou seja, entre quarta e hoje foram 3 milhões de doses – ainda faltam 7 milhões a serem produzidas a partir dos 6 mil litros de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) recebidos no dia 26 de junho. A previsão é que a entrega dessas doses seja concluída antes do dia 31 de julho.

No dia 13, o instituto recebeu nova carga de IFA com 12 mil litros para produzir 20 milhões de doses. Uma nova remessa de IFA, com mais 12 mil litros, deve chegar até o fim deste mês.

Pfizer

A Pfizer Brasil entregará ao Ministério da Saúde, nas duas últimas semanas de julho, 13.265.460 milhões de doses da vacina ComiRNAty, contra a COVID-19, produzida em parceria com a BioNTech. O aeroporto de Viracopos, em Campinas, receberá, no total, 13 voos vindos de Miami, nos Estados Unidos, entre os dias 20 de julho e 10 de agosto. Somados aos lotes anteriores, mais de 30 milhões de doses terão sido entregues ao Governo Brasileiro neste primeiro semestre de 2021.

Astrazeneca
Até o fim de julho, ainda estão previstos, segundo dados do Ministério da Saúde, lotes com mais 3 milhões de vacinas Astrazeneca via Covax Facility – até o momento, apenas um lote com 1 milhão de doses chegou ao país neste mês. A Fiocruz também deve entregar novas doses, mas em menor quantidade, já que a previsão de entrega de 12 milhões em julho já está praticamente cumprida.

Janssen
Pelo contrato com o Ministério da Saúde, as próximas doses deste imunizante só chegam ao país em setembro, mas há expectativa de doações pelo governo dos Estados Unidos, até o fim de julho

Fonte: O Tempo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo